16.2.24

[Livro Viajante] Explicações, Livro Viajante 2.0 e Livro Viajante 3.0

No final de março/2023 (ou começo de abril/2023, não lembro direito), o livro O Pequeno Caderno das Coisas Não Ditas foi enviado para a Tati, a primeira inscrita do projeto Livro Viajante.

Ela leu e enviou o livro para a segunda inscrita que, por questões pessoais, acabou nunca enviando o livro para a próxima participante.

Como achei injusto os demais inscritos ficarem sem o livro para ler, conversei com eles sobre comprar mais uma cópia de O Pequeno Caderno das Coisas Não Ditas para dar continuidade ao projeto. Eles acabaram sugerindo recomeçarmos o projeto com um novo livro, para o caso de O Pequeno Caderno ainda ser enviado em algum momento, e o novo livro escolhido foi A Cabeça do Santo.
O projeto voltou a andar nos últimos meses de 2023 (resolvi chamar de Livro Viajante 2.0), e agora ele já está na metade:

Gabi - Rio Grande do Sul ✅
Liz - Pernambuco ✅
Tati - São Paulo ✅
Jacson - Santa Catarina ➡️
Jaque - Alagoas
Snow - São Paulo
Any - Minas Gerais

Agora, o que eu quero saber é: vocês gostariam que houvesse um Livro Viajante 3.0? Digam nos comentários ;D

12.2.24

[Divulgação] Qual a sua versão da estátua da Hello Kitty?

Oi, aqui é a Tati do blog Asas de Fada.

A Sanrio fez um concurso para escolher 50 artistas que decorariam as estátuas da Hello Kitty Parade.

É claro que nem todos os artistas que participaram foram escolhidos, assim como muitos nem teriam condições de se inscrever por morarem longe de São Paulo. 

Por isso eu queria propor um desafio para vocês artistas, abaixo tem o template da estátua que eu baixei para participar do concurso, use ele para fazer a sua versão da estatua da Hello Kitty, salva, baixa, imprime, edita, pinta, faz colagem, como você quiser, e poste nas redes sociais com a #hellokittyparade, pode ser no Intagram, no Twitter, qualquer rede social (ou se não quiser não precisa postar).

Nem precisa colocar titulo ou preencher o formulário se não quiser, vamos fazer uma parada online para quem não conseguiu participar

Alias, o perfil @ilhadakitty_br está divulgando todos os que postarem pelo Instagram, então se quiserem marcar ela.

Essa foi a minha versão:

10.2.24

[Atualização] O que vem aí em 2024

Feliz ano novo, pessoal! Sim, com um pouco de atraso, mas é como dizem: o ano só começa depois do Carnaval 🎭

No fim de dezembro o Blogueiros Raiz fez um ano! 🥳 Palmas para ele e para todos os outros blogs que permaneceram ativos por mais um ano (atualizei a lista de links, aliás).

Em comemoração, hoje eu queria compartilhar o que vem aí no Blogueiros Raiz:
  • Amanhã faz um ano que o projeto Livro Viajante foi lançado, e nos próximos dias vou contar por onde anda o nosso livro (e quem sabe lançar a próxima edição do projeto?)
  • Em breve vai ao ar o post com a conclusão do nosso Amigo Secreto! Só estamos esperando uma participante receber a cartinha
  • Estou recebendo posts para a coluna Minha Vida Blogueira! Quem quiser escrever um texto sobre a sua jornada blogueira e ver ele publicado aqui, é só me mandar um e-mail
Quem tiver qualquer outra sugestão para o BR pode me enviar um e-mail também, vou adorar conversar sobre ela!

15.11.23

[Amigo Secreto] Participantes

O nosso amigo secreto blogueiro começou! Hoje os sorteios foram realizados, e ao longo das próximas semanas as cartinhas vão começar a chegar nas casas dessas 12 blogueiras:

Amanda - Cardamomo
Any - Poetiza-te
Camila - Ave fantasma
Gabriela - Fugi de casa
Karyne - Crisálida
Xis - Arantchas

Para saber quem tirou quem é só acompanhar os blogs! E se você não conseguiu participar nesse ano, ano que vem tem mais :)

13.11.23

[Amigo Secreto] Como participar

Fonte: small smiles

Olá, pessoal! Venho com as novidades sobre o nosso amigo secreto blogueiro. Depois de conversar com as pessoas que responderam a pesquisa do último post, ficou decidido que o nosso amigo secreto vai ser troca de cartinhas 💌 Quem tiver interesse em participar, é só seguir as orientações abaixo e preencher o formulário.
  1. O formulário de inscrição ficará ativo até o dia 14/11/2023
  2. O sorteio será realizado no dia 15/11/2023
  3. O presente a ser enviado é uma carta + outros itens que você quiser enviar (ilustrações, zines, cartões, marcadores de páginas, adesivos etc.)
  4. O endereço para envio deverá ser informado depois do sorteio, na página onde aparecerá o nome do seu amigo secreto, no campo "sua lista de desejos"
  5. A cartinha deverá ser enviada até o dia 08/12/2023 com registro, assim o envio poderá ser confirmado e acompanhado
  6. Escrever um post mostrando a cartinha recebida também seria legal, mas é opcional :)
Amigo Secreto Blogueiro
<a href='https://blogueirosraiz.blogspot.com/2023/11/amigo-secreto-como-participar.html' title='Amigo Secreto Blogueiro'><img src='https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEhtSOZk84OoxYZvFThDojlMo36wM4Iq6uiuLzEEcOb6RyMrTJVingR553oFWPpIy2ikmgMpX0g8-4WtHA_G35zKat33uxQH24R4dpCAnIWYeQEVk4aaJMCfk39kWSvsri0_C3DwpryeKifcnT7WFrvmJ2hHFdV6MssYTwMQzhHKiWaLb5jdv_yAMaejvlOb/s200/amigosecretoblogueiro.gif' alt='Blogueiros raiz, uni-vos!' width="181" height="200"></a>

30.10.23

[Pesquisa] Amigo secreto blogueiro

Criei um formulário para saber a opinião de vocês sobre um possível amigo secreto blogueiro. Para responde-lo é só clicar nesse link :)

10.6.23

[Minha Vida Blogueira] Eu sou péssimo com títulos


Eu cresci na periferia do Rio Grande do Sul em um munícipio isolado no oeste do estado que na época não tinha muito mais de 2.000 habitantes. A internet a rádio chegou lá em 2006 e eu acessava a rede mundial de computadores no trabalho do meu pai, na casa de amigos e em lan-houses que eram as casas de outros amigos que cobravam dois reais por uma hora de acesso. Só fui ter um computador em casa aos 14 anos e o acesso à internet chegou aos 16 e isso já devia ser 2011 ou 2012.

Ao contrário do que pode parecer pra quem me conhece pessoalmente, eu nunca gostei de receber muita atenção de gente que eu não conheço tão bem e batalho cotidianamente com o medo e a vergonha de ser visto por estranhos. O que eu quero dizer é que a rede mundial de computadores sempre me deixou um pouco ansioso e por isso a minha presença nela durante a adolescência era parecida com a de um fantasma. Eu frequentava fóruns, sites e blog. Eu lia traduções de quadrinhos estrangeiros, frequentava fóruns de video-games e filosofia, lia webcomics e todas as discussões que surgiam nesses espaços. Mas não escrevia nada. Cheguei a criar um endereço em algum momento, mas nunca escrevi nada lá.

Quando as grande empresas da internet chegaram, colonizando e gentrificando os espaços digitais eu me encolhi mais ainda. Isso só começou a mudar um pouco quando fui pra faculdade e eventualmente comecei a escrever alguma coisa ou outra no facebook com uma pegada mais séria. Papo de política, ideologia e análises de conjuntura; não durou muito. Também tentei ter uma página pra postar os meus desenhos que teve um sucesso moderado mas a coisa toda de ter uma rotina de postagens e não sei o que e não sei que lá começou a entrar na cabeça e acabei parando. Entrei no instagram em 2017 e desde então uma vez por ano eu tento ser mais ativo por lá e acabo largando de mão depois de um tempo por um motivo ou outro. O twitter literalmente me adoeceu no tempo em que fiquei por lá e de repente eu me peguei sentindo falta daquela internet do começo dos anos 2000, que parecia mais lenta, mais calma, mais distante, mais como um grande mar a se navegar e menos com uma sessão esquisita de classificados.

Foi por volta de 2020 que a coisa aconteceu. Eu precisava de um espaço pra mim e eu precisava de que ele fosse um pouquinho escondido e de repente o piovepato aconteceu. Eu montei o layout mais simples que consegui e comecei a postar algumas coisas por lá com a certeza de que só seriam lidas por mim alguns anos no futuro e não foi o que aconteceu. De algum jeito, algumas pessoas foram chegando e na primeira vez que eu recebi um comentário de alguém que eu não conhecia eu fiquei genuinamente feliz e um tipo muito específico de relação foi surgindo a partir disso. Comecei a visitar outros blogs e a sentir falta de ler os textos das pessoas. Comecei a me sentir cada vez mais a vontade de escrever e experimentar com a escrita. E comecei a pensar bastante sobre a existência na internet.

Eu gosto daqui, gosto de ler outros blogs, gosto de ver as fotos, os desenhos, as poesias, os vídeos e as maneiras de organizar das outras pessoas. Gosto de como tenho aos poucos começado a me sentir parte de alguma coisa e gosto de ter um lugar da internet com um pouco de mim que alguém pode encontrar sem querer, mas só se tiver determinação o suficiente pra procurar ou pra encontrar sem querer.

Este post foi escrito carinhosamente pelo Jacson para o Blogueiros Raiz, um espaço que surgiu para unir todos nós, que ainda estamos aqui.